Imagem do centro da Via Láctea pelo Observatório CHANDRA de raios X. Essa foto mostra a suposta atividade de um buraco negro supermassivo que ocuparia o centro de nossa galáxia. A região brilhante representa uma faixa de emissão de raios X de cerca de 1 ano-luz de comprimento e a cerca de 1,5 anos-luz do buraco negro. Terá sido fruto da atividade do buraco negro a alguns milhares de anos atrás. Observa-se lóbulos cruzando do lado esquerdo inferior da foto até o lado direito superior. Tais lóbulos, cujas temperaturas chegam a cerca 20 milhões de graus Célsius, de dimensão de 12 anos-luz refletem a atividade do buraco negro a alguns milhares de anos atrás.

Foto obtida com o Telescópio Hubble de uma Anã Branca e sua “companheira”, provavelmente o primeiro planeta extra-solar fotografado. Ref. Nature News Service, 14/05/04.