Maio/97 Eu e meu filho Guido no Iate Clube do Rio de Janeiro, um pouco antes de ele embarcar para mais uma regata
Março/2001 Fernando, eu e Jorginho discutindo sobre o Observatório Nacional.
Dezembro/2000 Eu e Fernando, na churrascada de 2000, discutindo sobre o gosto da cerveja.
Dezembro/2000 Na Festa "Julina" em 04/07/03, no O.N.
Dia da posse do novo diretor do O.N., na ocasião, Prof.Dr. Sylvio Ferraz de Mello. Da esquerda para a direita: Antares Kleber G. Oliveira (+2009), Jucira L. Penna, Reinaldo R. de Carvalho, Daniela Lazzaro e Dalton Lopes. Antares Kleber nunca se deixava fotografar. Assim, temos poucas imagens registradas de sua passagem entre nós. Nessa ocasião, Antares Kleber estava de "bom humor" (novo diretor, novas esperanças) e chegou a sorrir para a câmara. Fica em paz, Antares. Pobres de nós sem ti.
Presumilvemente, última foto de Antares Kleber em vida, junto a uma aluna do curso à distância de "Sistema Solar", em julho de 2008.
Composição de inúmeras poses do centro da galáxia (campo de cerca de 1") obtidas pelo período de 20 anos pelo grupo de cerca de 90 pesquisadores intitulado GRAVITY Collaboration. As imagens foram obtidas no telescópio VLT do Observatório ESO, no Chile. O espetacular é o movimento elíptico da estrela próxima do centro denominada S2. No centro encontra-se um buraco negro de massa equivalente a 4 milhões de sóis. Ela apresenta uma variação em seu espectro compatível com a previsão da Teoria da Relatividade Geral, e somente ela, a teoria, pode descrever esse comportamento. É a primeira vez na história que um fenômeno observado tem descrição exclusiva na TRG. Viva Albert Einstein, em que seus acertos e até seus erros trouxeram implicações cruciais na física!